Banalidades · Cotidiano

I guess this is growing up

Tava chegando hoje de viagem (pra ser bem sincera, um bate a volta) e, no estacionamento do meu prédio, ouvi duas das crianças (ou seriam pré-adolescentes? Enfim, o que quer que elas se considerem) discutindo quem era mais fã do Justin Bieber.

Uma argumentava que sabia cantas todas as letras com a pronúncia certinha, enquanto a outra rebatia que a primeira não sabia a data do aniversário dele e, por isso, era uma poser.

Quando entramos no elevador e a porta fechou, minha mãe falou para mim e para o meu pai: “Deus, qual é o problema das pessoas em só gostar da música?”

Eu, particularmente, não sou a melhor pessoa para julgar as meninas porque eu já fui exatamente igual. Tinha ciúmes das bandas que eu gostava e só “as dividia” com meus melhores amigos. E, é claro, achava o maior absurdo do mundo, praticamente um crime contra a humanidade, alguém se dizer fã de uma banda e não saber, no mínimo, o nome completo de cada integrante, data de nascimento, nome de pais, mãe e irmãos e, é claro, quem da banda tinha covinha ou não (podem rir agora).

E eu era daquelas bem extremistas, que era adicionada nas conversas de MSN (alguém ainda entra nisso?) pra ficar fazendo perguntas pra supostos fãs para avaliar se eles eram “posers”. Era moderadora de comunidades no Orkut (ok, agora eu desenterrei) que se chamavam “Fãs de verdade da banda X” e dedicava horas do meu dia olhando perfil por perfil e aplicando questionários para os aspirantes a entrada na comunidade. E ai da pessoa se ela não soubesse que o vocalista tinha unha encravada.

Enfim. Não sei dizer ao certo quando isso mudou. Acho que foi com McFLY, lá pelo meu primeiro/segundo colegial. Eu queria que os caras viessem pro Brasil e tive a brilhante idéia de entrar em contato com o rodie deles no MySpace (to cavocando o baú hoje, não?). Por incrível que pareça, meio que funcionou. Mas só meio. O Neil me respondeu e me passou a primeira foto existente do baixo rosa do Dougie – obviamente, o baixista -, que eu orgulhosamente postei no meu Fotolog – ainda existe? – sobre ele. Só que ai veio a bomba: eles não tinham público suficiente para a gravadora mandarem aqui pro Brasil.

Ai, veio a segunda brilhante idéia: borá divulgar McFLY por ai.

E fomos eu e minha melhor amiga criando pela vida projetos de divulgação do McFLY. Até que, um dia, resolvemos começar a tentar ligar pra uma rádio local. E, alguns meses depois, conseguimos ser colocadas ao vivo e falarmos da banda.

Foi pura alegria! Eles falaram da McFLY ao vivo pela primeira vez em uma rádio brasileira! Que orgulho… Até eu entrar no meu scrapbook.

Acho que nunca vi tanta mensagem me xingando. Uma menina da minha cidade, conhecida minha, ouviu a mensagem na rádio e avisou as amigas delas fãs de McFLY, que acharam um absurdo a minha tentativa de “criar uma legião de posers”.

O feitiço virou contra o feiticeiro, é claro. Afinal, já que eu era poser de uma das bandas que eu gostava, eu OBVIAMENTE era poser das outras.

Não guardei rancor e nem tinha porquê. Afinal, era o que eu fazia com outras pessoas, certo? E no fim, tudo acabou em pizza. Eu e a menina acabamos nos encontrando e nos acertando e essa é outra história pra outro momento.

Só sei que, depois dessa, eu risquei “posers” da minha listinha de preocupações (que é bem extensa).

E acho que finalmente eu entendi que ser fã da música é diferente de ser fã das pessoas. Na minha playlist de hoje tem todos os álbuns de algumas bandas que eu nem me dei ao trabalho de procurar foto pra ver a cara dos membros, quanto mais o nome. E não acho nada errado nisso. Se tiver show deles e eu puder ir, vou sem o menor remorso de estar junto com “fãs de verdade”.

Tô pagando, não tô?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s